Pesquisar este blog

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

PATRICIA MARX VAI MESMO GRAVAR "TAPETE MÁGICO"

Como já havíamos especulado aqui, vai ser mesmo "Tapete Mágico" (Caetano Veloso) o próximo single da Patricia Marx. Na ocasião da escolha do repertório do EP que ela ia gravar pela Kickante, ela já tinha escolhido a música juntamente com "Tigresa". Com o abortamento do  projeto, ficou a dúvida se ela ainda pretendia regravar as canções, mas quando a LAB 344 anunciou que ia lançar o single de "Tigresa", acendeu a esperança que a música também seria gravada. Até que no programa "Todo Seu", ela contou que seu próximo single também seria de Caetano, já era quase certo que seria a música mesmo, apesar de ela ainda tentar manter o suspense. Na entrevista ao site Ego (link no post anterior), ela confirmou que está se preparando para lança-la como novo single, mas ainda não tem previsão para lançar um novo álbum. Mas depois completou: "Talvez saia ano que vem. Acabei de lançar 'Tigresa' e agora vou lançar uma versão de 'Tapete Mágico''.

 


Confira aqui  letra e vídeo  da  música, que foi gravada originalmente por Gal Costa no álbum "Fantasia", em 1981:

TAPETE MÁGICO (Caetano Veloso)

Os olhos de Carmem Miranda moviam-se discos voadores fantásticos
No palco Maria Bethânia, desenha-se  todas as chamas do pássaro
A dança de Chaplin, o show dos Rolling Stones
A roça de Opô Afonjá
Mas nada é mais lindo que o sonho dos homens
Fazer um tapete voar
Sobre um tapete mágico eu vou cantando
Sempre um chão sob os pés, mas longe do chão
Maravilha sem medo eu vou onde e quando
Me conduz meu desejo e minha paixão
Sobrevôo a Baía de Guanabara
Roço as mangueiras de Belém do Pará
Paro sobre a Paulista de madrugada
Volto pra casa quando quero voltar
Vejo o toldo da festa dos navegantes
Pairo sob a cidade de Salvador
Quero de novo estar onde estava antes
Passo pela janela do meu amor
Costa Brava, Saara, todo o planeta
Luzes, cometas, mil estrelas do céu
Pontos de luz vibrando na noite preta
Tudo quanto é bonito, o tapete e eu
A bordo do tapete você também pode viajar, amor
Basta cantar comigo e vir como vou...




Nenhum comentário: